Uma nova vida!

Prólogo

O resultado da vida de qualquer ser do universo resulta da consciência desse ser. Tudo o que existe é consciência. Desde a vida unicelular até a vida mais complexa. Uma pedra tem uma consciência (inteligência) mais densa (baixa) do que uma formiga, assim como uma formiga tem uma consciência mais baixa do que um ser humano. A humanidade é constituída por cerca de sete mil milhões de seres humanos e a vida de cada um deles reflete a sua própria consciência, e, por conseguinte, o mundo tal qual ele se encontra. Tudo o que existe na humanidade resulta dessa consciência: paz, felicidade, bem-estar, saúde, riqueza, doença, pobreza, guerra, infelicidade e miséria resultam unicamente da consciência individual de cada ser da humanidade.

Apresentação

O que é recuperação?

Recuperação é reciclar algo inútil (lixo) em algo valioso.

Como se faz essa reciclagem num ser humano?

Através de um programa concebido à imagem do próprio indivíduo interessado em mudar a sua vida.

 

O que é um programa de recuperação e expansão da consciência?

É um projeto pessoal de mudança, que engloba a reciclagem do caminho percorrido, completado com os modernos princípios da ciência moderna, ajustados às necessidades pessoais do indivíduo.

 

Porquê e quando se faz um programa de recuperação?

Quando existe um problema crónico. Vejamos, todos nascemos para viver na alegria, realizados e felizes. Quando isso não acontece, o mal-estar aloja-se alertando para uma necessidade urgente de mudança ou expansão da consciência. A expansão da consciência obriga a uma mudança (crescimento) de princípios e valores, e normalmente procura-se remediar esse mal-estar com drogas ou outros alteradores de humor. Apesar de um aparente alívio das drogas (químicas emocionais “espirituais”), a verdade é como o sol, não pode estar escondido por muito tempo. Rapidamente, o alerta vem de novo (agora mais forte) muitas vezes numa área diferente da vida. Se a mente continuar fechada à expansão da consciência, lutando-se contra o mal-estar, em vez de aceitar o fluxo natural de expansão (crescimento) o “mal-estar”, torna-se crónico, afastando o indivíduo do que o liga a vida (crescimento/realização). Quando o problema pessoal, se torna crónico, é necessário um programa de recuperação. Tudo tem recuperação.

 

Em que circunstâncias se justifica um programa de recuperação?

Sempre que o mal-estar se instala e se torna crónico, numa ou mais áreas da vida de uma pessoa, significa que a “vida” do indivíduo, está presa em conceitos pré-concebidos, outrora válidos, mas hoje inúteis e destruidores. É um pouco como querer usar num apartamento moderno o fogo usado nas cavernas para aquecimento ou cozinhar.

 

Quais são as áreas da vida de uma pessoa que exigem recuperação?

Apesar da filosofia materialista ser a causa de uma vida pobre, no topo do mal-estar, exigindo recuperação, temos as áreas físicas como a pobreza de saúde e a pobreza financeira; de imediato seguidas pela pobreza nos relacionamentos e pela pobreza vocacional e realização pessoal. Enfim, quando uma área está pobre todas as áreas da vida estão em ruína.

 

O que se espera de um programa de recuperação?

Mudança de consciência essencialmente. Independente da razão pela qual é necessário um programa de recuperação, só a mudança de consciência muda a realidade.

 

Quais os requisitos para que um programa de recuperação tenha sucesso?

– O indivíduo precisa estar cansado da situação em que se encontra ou da vida que experimenta;

2º – querer a mudança (é indispensável);

– boa vontade;

– mente aberta.

Se falhar um destes requisitos o sucesso está comprometido.

ATENÇÃO

IMPORTANTE

Apesar do sofrimento que um indivíduo possa estar a passar, se não estiver cansado desse sofrimento e não quiser a mudança, o programa de recuperação não vai resultar. A mente aberta é indispensável para novos conceitos e a boa-vontade para aceitar e pôr em ação os novos conceitos.

Como funciona?

1º) Desintoxicar é libertar (limpar) venenos. Os venenos podem ser emocionais, mentais e físicos. Os venenos emocionais são raivas, zangas, vergonhas, culpas, ressentimentos. Os venenos mentais são conceitos outrora válidos, hoje inúteis e tóxicos emocionais.

Os venenos físicos, são excessos alimentares, químicos, álcool, drogas ilícitas e licitas etc.

 

2º) Repor carências (faltas): restaurar e atualizar os velhos conceitos, para uma vida de qualidade, isenta de medo e culpa (ansiedade depressão) minerais e vitaminas, para um equilíbrio orgânico (quando necessário). Treino com novas ferramentas para gerir uma vida de qualidade.

Para mais informações sobre o programa de recuperação e expansão da mente, envie uma mensagem.

Quero saber mais